terça-feira, 30 de julho de 2013

Encontrar o segredo

Posso dizer isto hoje
Sabendo o que dizer você pôde
Que por você não mudou meu afeto
Que de você prefiro estar perto

E vou, pra depois voltar
Na bagagem o colorido
Sem você, mas eu vou levar
Na bagagem o seu sorriso

Pois não importa o que você diga,
Rápido mudou a força em fadiga,
Internamente, porém, fez de mim sua sina
Não sei o que há dentro de você
Cada palavra, boa ou má, me fascina
Em cada olhar um brilho
Pra mim, nada ainda mudou
Óbvio que me machucou
Só que meu coração não esfriou
Ainda falo, só porque ainda sou