terça-feira, 18 de junho de 2013

Faça Uma Análise

Há hoje, apenas no Brasil, entre 30 milhões e 40 milhões de pessoas que um dia freqüentaram alguma igreja evangélica.
Uma igreja de 10 anos que manteve média de 200 membros viu passar por seu rol o dobro desse número. Isto é, 400 pessoas que passaram por essa igreja estão desviadas hoje.
A porcentagem de desviados que retorna à igreja não passa de 10% no Brasil.
Entre 60% e 70% dos desviados não receberam qualquer visita de líderes ou membros quando decidiram sair da igreja.
Entre 40% e 30% receberam de uma a três visitas, que se revelaram na maioria das vezes de cobrança ou condenação.
De cada 10 andarilhos, três deles frequentaram alguma igreja um dia.
A maioria dos desviados (acima de 50%) é afetada pelo ressentimento com sua liderança

Ainda há tempo de mudar o triste quadro de muitas igrejas, que têm o número de ex-membros muito maior que o de atuais membros. Para isso, é preciso rever como foram os últimos cinco anos de sua igreja e fazer as seguintes perguntas:
 Quando foi que minha igreja fez algum projeto nestes anos que se passaram para buscar os desviados?
Quando foi que elaboramos um plano bem organizado para visitá-los e oferece-lhes uma nova oportunidade?
Quanto tempo gastamos orando por eles?
Quantos desviados voltaram nestes cinco anos?
Uma atitude possível para conseguir reverter esse quadro é analisar que muitas igrejas passam anos envolvidas em muitas atividades, mas nunca pensaram na possibilidade de reconquistar os membros que se desviaram. É preciso tomar uma atitude firme e colocar em prática o amor que Jesus nos ensinou, indo em busca dos que caíram.


Pr. Jean Oliveira