segunda-feira, 13 de maio de 2013

Sinceridade

Vamos tocar uma canção
Com cores e tons
Vamos treinar a audição
Com notas e sons

Quero fazer você sorrir
Sem piada, só sentir
A alegria, respirar arfante
Viajar sem sair adiante

E cada minuto pensa só no é
E faz o coração sentir a maré
Pensa na onda que bate agora
Na dor que dói na hora

E confia no que faz o "vem depois"
Só o que ele tiver faça soar a voz
E saírem os pés no caminho de pedra
O que mantém o olhar alerta

É dia de soar a trombeta, tocar o tambor
Amor não segue da multidão o clangor
Faz sair à forra o coração enjaulado
Mostra o caminho e segue ao seu lado

Eu rimo o que me leva
Faço poema por peça
O que coleciono dentro
Mostro e também tento